A PÔLEMICA SOBRE O CONVENTO DAS MERCÊS

O secretário de Ciência e Tecnologia, Bira do Pindaré, em reunião com membros ligados ao Convento das Mercês e com o Chefe da Casa Civil Márcio Jerry, sugeriu que o Convento das Mercês abrigasse um memorial das vítimas da ditadura civil-militar. O convento abriga atualmente a Fundação da Memória Republicana Brasileira, que em tese deveria contemplar o ponto de vista de todos os agentes sociais que contribuíram para a formação da nossa República. 
Porém o que se percebe é que a instituição mantida com recursos públicos, apresenta apenas um espécie de culto ao perfil de José Sarney. 
A história é um espaço simbólico de disputa do imaginário de nosso povo. Ao dar um novo enfoque sobre o Convento, idéia levantada por Bira, fixa-se uma atitude digna de nota.
Triste ver o simulacro de matéria investigativa feita pela Mirante sobre o caso. Com supostas "imagens exclusivas".
Deve-se consequentemente privilegiar a História dos lutadores do povo e que a Sarney reserve-se um lugar merecido, sendo mostrada a verdadeira face da sua contribuição histórica contrapondo o culto à sua personalidade camaleãonica. 
Não devemos perder de vista a oportunidade de uma correção de nossa Memória.

Comentários