HOMENAGEM A HUMBERTO MARACANÃ


Humberto morreu hoje, após complicações decorrentes de uma cirurgia. Ele estava internado desde o dia 18 de janeiro, na UTI, do Hospital Carlos Macieira. Com uma infecção generalizada, foi submetido a uma delicada cirurgia para amputação de uma perna. Ele estava com 75 anos de idade e mais de quarenta atuando como amo do boi de Maracanã, onde se notabilizou cantando toadas do sotaque da Ilha. 

O Maranhão perde um de seus maiores cantadores de Bumba Boi.

Maranhão, meu tesouro, meu torrão
Fiz esta toada pra ti, Maranhão

Terra do babaçu que a natureza cultiva
Esta palmeira nativa é que me dá inspiração
Na praia dos lençóis tem um touro encantado
E o reinado do rei Sebastião

Sereia canta na proa
Na mata o guriatã
Terra da pirunga doce
E tem a gostosa pitombotã
E todo ano, a grande festa da Juçara
No mês de Outubro no Maracanã

No mês de Junho tem o bumbá-meu-boi
Que é festejado em louvor a São João
O amo canta e balança o maracá
A matraca e pandeiro é que faz tremer o chão

Esta herança foi deixada por nossos avós
Hoje cultivada por nós
Pra compôr tua história Maranhão.

Comentários