21 de setembro de 2010

#ForaRoseanaSarney – Por um Maranhão livre e sem oligarquia – Conclamamos o povo a votar em qualquer um dos outros candidatos, mas NELA NÂO!

Ato público em defesa da democracia!

Dia 24 de setembro, as 16:00, saída da Praça de Fátima.

Sob o domínio dos Sarney, o Maranhão não é diferente da época do padre Antonio Vieira. É o estado do M de mentir: mentir com palavras, com obras, com pensamentos.

Cinco décadas dos Sarney no poder e o estado exibe 21,5% de analfabetos, 87% de domicílios sem acesso à rede de saneamento e 65% das pessoas dependentes de ajuda governamental para sobreviver. A primeira estação de tratamento de esgoto só foi inaugurada em 2001. Dos vinte municípios brasileiros com pior colocação no ranking nacional do Índice de Desenvolvimento Humano, oito estão no Maranhão. O mais pobre deles, Centro do Guilherme, se fosse um país, estaria posicionado internacionalmente entre o Quênia e o Haiti.

A luta contra a oligarquia Sarney tem base na luta dos povos por seus territórios. Da quebradeira de coco, do quilombola, dos trabalhadores rurais que sofrem com o trabalho escravo, do indígena, passando pelo pequeno produtor sem terra. É a luta dos trabalhadores do campo e da cidade. É a luta por uma Universidade Estadual do Maranhão com autonomia e com estrutura para educar seu povo que por ora tem que ver sua principal instituição de ensino superior paralisada, sucateada, com seus trabalhadores explorados. A oligarquia sabe o porquê de não poder “dar asas” a UEMA. Ela sabe que um povo esclarecido, com ciência, não pode ser facilmente enganado.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

Anônimo disse...

agora a pouco li essa reportagem do linck a baixo, vamos divuga-la.

http://oglobo.globo.com/pais/eleicoes2010/mat/2010/09/21/pf-prende-medica-acusada-de-fazer-consulta-em-troca-de-voto-para-roseana-921039332.asp

abraço

Davison do Nascimento disse...

cara,reproduz aquele texto sobre edinardo.
abraços