De 11 a 13 de novembro

De 11 a 13 de novembro
Feira da Beleza de Imperatriz

7 de novembro de 2018

7° Feira da Beleza de Imperatriz: Estandes são instalados no Centro de Convenções


Com a presença de 100 expositores, evento será aberto às 10h do próximo domingo

Continuam sendo montados os estandes para a 7ª Feira da Beleza de Imperatriz, que acontece nos dias 11, 12 e 13 de novembro, no Centro de Convenções (CCI), das 10h às 21h.

Para a edição 2018 do evento, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), realizadora da feira, colocou à disposição dos expositores 100 estandes. A Coordenação da feira confirma que todos eles já foram comercializados. Ou seja, cem empresas, das diversas regiões do país, já garantiram participação, com expectativas promissoras.

A informação foi passada na manhã dessa quarta-feira (07/11) pelo empresário Francisco da Silva Almeida, presidente da CDL, acrescentando que a feira aumenta a cada ano, registrando crescimento da ordem de 20%, apresentando, portanto, perspectivas positivas. Principalmente, em conseqüência da presença de grandes marcas, com sucesso já garantido para 2018.

A feira, além da exposição dos produtos e acessórios para salões de beleza, proporciona aos profissionais e interessados no assunto, a participação em workhops, palestras, prospecção e fechamento de negócios, tendo em vista os contatos que os expositores mantêm com potenciais compradores durante a sua realização.

Francisco da Silva Almeida ressalta, a propósito, que a feira já mobilizou o setor, com expectativas de superar números de expositores, de caravaneiros e de visitação, durante o seu transcorrer. 

A 7ª Feira da Beleza de Imperatriz é aguardada com “as melhores das expectativas, pois colocamos toda estrutura necessária à disposição dos expositores e dos visitantes”, complementa Francisco da Silva Almeida, convidando o público da cidade e região para o acontecimento, que será aberto às 10h de domingo, no Centro de Convenções, localizado na rua Hermes da Fonseca, área central da cidade.

Por Raimundo Primeiro

Pres. Zé Carlos em discurso na Câmara analisa cabos eleitorais do Bolsonaro em Imperatriz e cenário eleitoral


Na sessão da Câmara realizada ontem o Presidente da Casa de Leis, José Carlos Soares, comentou acerca da "onda política" do candidato eleito  Jair Bolsonaro e seus cabos eleitorais na cidade. 

Foi tipo um momento de ponderação pra lá de interessante. 

"A onda Bolsonaro elegeu deputados estaduais e federais no Brasil inteiro, mas no Maranhão não elegeu ninguém (...) Tem gente na cidade de Imperatriz que dentro dessa "onda' toda, se considera o próprio responsável pela eleição do novo presidente. E mal consegue eleger a sí mesmo", disse. 

"Eu já votei pra presidente, mas nunca elegi um presidente. Mesmo com trinta anos de parlamento. O voto é algo que não pertence a ninguém. Voto é algo que você já teve ou terá. A eleição de 2020 começa do zero e aqueles mais capacitados terão condições de representar o povo. Aqueles que embarcaram na "onda Bolsonaro" e estão achando que ganharam alguma coisa, afirmo que não ganharam nada há não ser satisfazer seu desejo pessoal de derrotar o PT" , finalizou o Presidente da Casa de Leis com seis mandatos. 

Minha análise 

Os bolsominios em Imperatriz estão eufóricos. Parecem desconhecer o pesado "fardo do tempo histórico". Muita coisa vai acontecer até 2020 e em suas especulações políticas sobre o futuro, desconsideram o humor e possíveis rebeldias da população. Esqueceram que a possibilidade de rebeldias vindas do povo são uma variável constante nas análises políticas ?

José Carlos, Presidente da Cãmara Municipal de Imperatriz, bateu  um bolão ontem e hoje. Sua análise política foi corajosa e perspicaz, com precisão de neurocirurgia. Parabéns! 

31 de outubro de 2018

Paróquia de N. Sra da Conceição lança programação de 29° Festejo

Deir Veira faz parte da coordenação do evento

Nova paróquia de N. Sra da Conceição

Equipe de coordenação

Na manhã desta terça feira (30) a comunidade católica do bairro Vila Cafeteira, por meio da equipe de coordenação da Igreja católica, ofereceram para toda à comunidade um café da manhã, e na oportunidade, apresentaram toda a programação do 29° festejo em honra a sua padroeira, Nossa senhora da Conceição. 

A novidade este ano, que além da tradicional apresentação cultural no pátio, comidas típicas e show de prêmios, ocorrerá a INAUGURAÇÃO da nova Igreja , que foi totalmente reformada e ampliada, e ainda, que no dia 08 de dezembro será a apresentação para toda a diocese de Imperatriz, a nova paróquia com seu pároco.  
Segundo o coordenador, Deir Vieira "a comunidade está em festa por se tornar a mais nova e acolhedora paróquia da cidade". 

As festividades iniciarão dia 30 de novembro e se extenderá até dia 09 de dezembro.

30 de outubro de 2018

Deputado Marco Aurélio destaca Feira da Beleza de Imperatriz


Parlamentar estará na solenidade de abertura do evento, em 11 de novembro 

O deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) estará na solenidade de abertura da 7ª Feira da Beleza de Imperatriz, que será realizada no domingo, 11 de novembro, às 10h, no Centro de Convenções (CCI), com a presença de diversas autoridades, empresários, profissionais do segmento e integrantes de órgãos da imprensa. 

No final da tarde desta terça-feira (30/10), Marco Aurélio manteve encontro com o empresário Francisco da Silva Almeida, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Imperatriz, entidade realizadora do maior evento do segmento da beleza que acontece no Maranhão. 

Em sua sétima edição, a Feira da Beleza de Imperatriz vai oportunizar a prospecção e o fechamento de negócios, durante os três dias de sua realização. A edição 2018 do evento, já conta com a participação de cem expositores, além da confirmação de empresários e profissionais de importantes centros de desenvolvimento do país. Trata-se de um evento de negócios que conta, diariamente, com a presença de cerca de cinco mil pessoas. 

As expectativas são no sentido de que a edição 2018 ultrapasse o número de visitação registrado no ano passado, outra vez superlotando o Centro de Convenções. 

O deputado estadual, Marco Aurélio, que é de Imperatriz, destacou não vai medir esforços para que a feira volte a repetir o sucesso das edições anteriores. 

 A 7ª Feira da Beleza de Imperatriz, vai acontecer de 11 a 13 de novembro, das 10h às 21h, no Centro de Convenções, localizado na rua Hermes da Fonseca, s/n, área central da cidade, com uma arrojada programação, que vai constar de cursos, workshops, oficinas e palestras, buscando atualizar os conhecimentos dos profissionais da área em âmbito regional.

Por Raimundo Primeiro

29 de outubro de 2018

Clayton Noleto garante presença na 7ª Feira da Beleza de Imperatriz


Encontro realizado na tarde de sábado (27/10), confirmou a presença do secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, na solenidade de abertura da 7ª Feira da Beleza de Imperatriz, às 10h de 11 de novembro, no Centro de Convenções (CCI). 

A 7ª Feira da Beleza de Imperatriz promoverá aproximação entre empresários, profissionais e o público. O evento já se reveste de êxito, tendo em vista a presença de mais de cem expositores. 

Realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a feira vem conseguindo ocupar espaço, já fazendo parte do calendário nacional de eventos congêneres desenvolvidos no setor no âmbito das regiões Norte e Nordeste. 

Outro aspecto preponderante do evento: fomentar o turismo de negócios de Imperatriz, atraindo cada vez mais para a cidade expressivo número de empresários e profissionais renomados. 

A 7ª Feira da Beleza de Imperatriz ocorre entre 11 e 13 de novembro, das 10h às 21h, no Centro de Convenções, com o objetivo de transformar a cidade na maior vitrine maranhense para fábricas, distribuidoras e profissionais do segmento, mostrando novidades, tendências, além de trazer capacitação.

“O espaço certo para o profissional ficar por dentro das novidades do dinâmico mundo da beleza”, observa Francisco Almeida, acrescentando que a montadora já começou a instalar os estandes. “A meta é entregar em tempo hábil”, complementa.

Por Raimundo Primeiro
Foto/Legenda
Crédito: Divulgação

25 de outubro de 2018

Presidente da Câmara Municipal de Imperatriz declara apoio a Haddad


O presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, José Carlos Soares, alertou os eleitores para que “sigam suas consciências” na votação do segundo turno da eleição presidencial. A declaração foi feita no encerramento da sessão de quarta-feira do parlamento imperatrizense. 

O presidente ilustrou sua opinião relembrando que jamais pediu a servidores da Câmara Municipal que votassem em candidatos sugeridos por ele. “Sou um presidente neutro, aqui nunca pedi a qualquer servidor que votasse em meus candidatos, Nunca fiz política-partidária com os funcionários da Câmara”, afirmou. 

José Carlos pediu respeito às opiniões políticas e às declarações de voto de eleitores e políticos. “Nós não precisamos acirrar a discussão, irmos aos tapas por besteiras, nós não precisamos disso”. 

O presidente justificou o voto em Fernando Haddad (PT) dizendo que “faz parte do projeto” do governador reeleito Flávio Dino (PCdoB), “o melhor governador do Maranhão nos últimos tempos, um homem de ideias, que não concorda com as ideias do [Jair] Bolsonaro”, e que ele também não concorda com as ideias do candidato do PSL. “Eu voto em Haddad. Qual é o problema? E ninguém é obrigado a votar no Haddad”, argumentou. 

“Eu acho a eleição de presidente grande. Cada um deve escolher o seu [candidato] e eu escolho pelo projeto do qual faço parte”, frisou. Qualificou de “oportunismo” determinados apoios ao candidato Bolsonaro e condenou o ódio e a intransigência política nas redes sociais. 

Disse que as minorias precisam da defesa do Estado e que os pobres devem buscar o entendimento sobre os dois projetos eleitorais que disputam a Presidência e encerrou declarando que vota “por convicção e não por oportunismo”.

Por Carlos Gaby/Assimp

CONTAGEM REGRESSIVA Feira da Beleza de Imperatriz entrega kits para expositores, parceiros e imprensa


Um show de negócios, beleza e novidades, a partir de 11 de novembro, no Centro de Convenções 

Por  Raimundo Primeiro 

A Coordenação da 7ª Feira da beleza fará a entrega dos kits para expositores, imprensa e parceiros em 6 de novembro, terça-feira, às 8h, no piso superior do Centro de Convenções de Imperatriz (CCI). 

A edição 2018 da Feira da Beleza de Imperatriz vai acontecer durante três dias: 11,12 e 13 de novembro, das 10h às 21h, no Centro de Convenções, mostrando técnicas e novidades da beleza para os profissionais de Imperatriz e região, com o objetivo de atualizar seus conhecimentos. 

O setor da beleza continua em franco processo de fortalecimento no Brasil, com os números mostrando tendência de crescimento dos negócios da área. O segmento é um dos que mais crescem no mercado em nível de país, ao contrário de outros segmentos, que reclamaram baixas em consequência da recessão econômica. 

Pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e do Instituto Data Popular, ratificam que o setor continua gerando oportunidades, empregando cerca de três milhões e meio de pessoas no Brasil, chegando a crescer num ritmo muito mais acelerado que o Produto Interno Bruto (Pib). O índice de crescimento anual fica em torno de 10%. 

MOBILIZAÇÃO 

O presidente da Feira da Beleza de Imperatriz, Francisco da Silva Almeida (Chico Brasil), destaca que o evento já mobilizou o setor, com expectativas de superar números de expositores, de caravaneiros e de visitação, durante o seu transcorrer. “Estamos trabalhando firmes, nossos objetivos são no sentido de satisfazer o nosso público-alvo, transformando a nossa cidade num grande centro de negócios”, reforça. 

Realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a Feira da Beleza de Imperatriz conta com a parceria da Ativa Consultoria, mostrando o que de mais moderno existe, oferecendo novas oportunidades de conhecimento, por meio de produtos e equipamentos expostos nos estandes montados na estrutura preparada pela organização, no Centro de Convenções, localizado na rua Hermes da Fonseca, área central da cidade. Portanto, um evento gigantesco, que já rompeu as fronteiras da região tocantina. 

Números 

Pesquisa mostra que 58% dos brasileiros não abrem mão de itens para cuidados com cabelos e 57% de maquiagens. Mais da metade das consumidoras (52%) pretende manter o mesmo valor com produtos de beleza. Os dados são da Beauty Plan 2016, realizada pela Glambox, com a participação de 4.321 mulheres. Vitrine A 7ª Feira da Beleza de Imperatriz constará de diversas novidades. Os ventos soprando favoráveis para os negócios do segmento também em âmbito regional. Uma vitrine para a cidade e o Maranhão. 

Informações 

Informações para a imprensa e credenciamento na CDL Imperatriz e/ou pelos telefones (99) 2101-2626, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

10 de outubro de 2018

“Inexpressivo. Do baixíssimo clero do Congresso Nacional”, diz Flávio Dino sobre Bolsonaro


Em entrevista ao jornalista Ricardo Rovai, da Revista Fórum, Flávio Dino fez uma análise da atual conjuntura política brasileira, falou sobre sua vitória no Maranhão e defendeu algumas agendas para que o campo progressista saia vitorioso das urnas com Fernando Haddad. Sobre Bolsonaro, o governador lembrou dos tempos em que foram colegas de Congresso e classificou o candidato a presidente como inexpressivo.
“Eu fui deputado federal de 2007 a 2011 e atuei em uma legislatura muito movimentada, com figuras importantes da política brasileira, e o que eu posso dizer do Bolsonaro é que ele era um deputado inexpressivo, do baixíssimo clero do Congresso Nacional”, disparou Dino.
Ele disse ainda não lembrar de Bolsonaro ter participado de algum debate relevante, ter apresentado um projeto de lei, uma ideia, ocupar a tribuna da Câmara durante um debate importante, mesmo na área da segurança pública.
“Eu fui relator de muitas leis modificando o código penal e código de processo penal. Por exemplo a lei que alterou o tribunal do júri, a lei que tipificou organizações criminosas, a lei que tratou da proteção dos juízes, a lei que tratou dos ritos do processo penal visando acelerar a punição de criminosos. Nunca recebi nenhuma sugestão, nenhuma ideia, nada do então deputado Bolsonaro”, afirmou.
Flávio Dino lembrou ainda que, na área da segurança púbica, foi relator da subcomissão de mudanças da legislação penal e processual penal na Câmara e nunca recebeu ideia ou sugestão vinda de Bolsonaro.
“Então realmente é surpreendente que um político com essa trajetória tão precária hoje esteja aí disputando o segundo turno. Claro que nós respeitamos na condição de democrata, eu respeito o voto popular, mas é realmente algo atípico, que um parlamentar que sequer na segurança pública tenha dado qualquer contribuição relevante, hoje fale tanto de segurança pública, por exemplo”, completou Dino sobre Bolsonaro.

Fonte: Marrapá

3 de outubro de 2018

Kelly Rocha: "Somos todas contra seu discurso de ódio, de intolerância.."


As mulheres sempre foram para mim uma fonte de inspiração, pelo inconformismo e resistência ao longo da história. Pela luta do direito ao estudo, ao trabalho, ao voto!... E agora, pela defesa de uma das nossas maiores conquistas: O ESTADO DE DIREITO E A DEMOCRACIA. 

Nos posicionamos Contra Ele porque somos veemente contra todas as medidas anti-povo e anti-nação da direita golpista que ele apoiou: as privatizações, as reformas trabalhistas e da Previdência, o congelamento dos investimentos do país por 20 anos, o desmonte da educação e da saúde pública. 

Somos, acima de tudo, contra seu discurso de ódio e intolerância contra mulheres, negros/as, LGBTs, indígenas, pobres e a classe trabalhadora. Somos contra porque ele representa o que há de pior na política brasileira: o retrocesso, a intolerância/violência, o conservadorismo e a DITADURA. 

Neste sentido parabenizo todas as mulheres de Imperatriz/Montes Altos/Região e o Brasil pelo protagonismo político, pela resistência, pelo MOVIMENTO ELE NÃO e por todas as manifestações do dia 29! O que queremos é um país feliz de novo, que viva a DEMOCRACIA em sua plenitude. Que respire a IGUALDADE, A LIBERDADE E A PAZ! 

Esse é o Brasil que sonhamos para nós e para nossos filhos! Parabéns a todas as mulheres de luta e boa fé! 

Kelly Rocha é Psicóloga e Presidente do PC do B Montes Altos

24 de setembro de 2018

Educação no Maranhão: Muito mais que números


Com a divulgação dos resultados do IDEB, Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) o Maranhão tem aparecido  com números consideráveis e relevantes de avanço.  O Estado figurava na penúltima posição no ranking em 2013 e começou a subir posições a partir de 2015, tendo alcançado o patamar de ser o segundo estado a elevar mais o índice, ficando atrás apenas de Pernambuco e Ceará. Ainda sobre o Ideb, de acordo com o ranking do ensino ofertado pelas escolas das redes estaduais, localizadas nas capitais brasileiras, São Luís está entre as cinco com a maior nota no Ensino Médio.

Em 2014, a taxa de analfabetismo no Maranhão era de quase 20%. Em 2017, esse número era de 16,7%, de acordo com dados do IBGE. Em números absolutos, isso significa cerca de 110 mil pessoas que saíram do analfabetismo no Estado. A taxa de analfabetismo considera as pessoas de 15 anos ou mais. Na prática tivemos programas de ajustes como  o Plano Mais IDEB, com ações para elevar os indicadores educacionais, incluindo o "Simuladão Mais IDEB", realizado para 290 mil estudantes do Ensino Médio e os "Aulões Mais IDEB", beneficiando 18.498 estudantes; a requalificação da rede física escolar, com mais de 800 escolas reformadas, construídas e revitalizados prédios escolares; a formação para 6.751 professores e gestores escolares da rede pública estadual; a eleição para a escolha de gestores escolares, que envolve formação, plano de metas e avaliação de desempenho; e a implantação das primeiras 49 Escolas de Educação Integral (36 Centros de Educação Integral e 13 IEMAs) da rede, que, até 2014, não havia uma escola estadual sequer com esse modelo de educação.

A Educação representa muito mais do que números. As pessoas em seu universo particular são a todo momento transformadas. Alguns destes investimentos serão sentidos no médio prazo, outros tantos no agora - com alguns na prática - modificando a realidade de milhares de pessoas, ampliando suas cosmovisões de mundo. Filosoficamente falando é a mudança estrutural que permitirá aos sujeitos sonharem com realidades além de suas "bolhas", com descobertas infinitas no espaço-tempo.

O que dizer da UEMASUL, uma universidade construída em pleno solo da Amazônia Oriental, que ampliando as possibilidades profissionais de homens e mulheres da região tocantina, trará as perguntas necessárias para o desenvolvimento de populações inteiras graças ao ensino, pesquisa e extensão. Educação é a base para superação das desigualdades sociais.

Certamente há muito por se fazer. Certamente precisa haver reparos, críticas a serem feitas à gestão política da Educação no estado,  mas me parece ser exemplar que por tanto tempo no Maranhão tenha sido raro construir sociedades em que a dignidade da pessoa humana entre como prioridade no desenho social. E por isso o maranhense não aceitará retroceder, voltar ao passado.  

"Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo." Como diria Paulo Freire. Que estas palavras sirvam de inspiração a todos nós alunos, professores e gestores para a seguir na luta pela mudança!

23 de setembro de 2018

Por mais militares que defendam a democracia e a soberania nacional


Corria o ano de 1937 no Brasil e o primeiro mandato do Governo Vargas se aproximava do fim. Com formação oriunda da caserna, o então presidente da república tinha bom trânsito com os generais. Isso bastou para empreender junto com a inteligência militar um arrojado estratagema que o fez ficar mais oito anos no poder. 

Vargas sob o pretexto de proteger o país de uma conspiração comunista internacional, declarou estado de sítio e impôs a centralização do poder novamente em suas mãos. Em 1937 o exército declarava ter descoberto o fantasmagórico Plano Cohen,  uma suposta ameaça comunista internacional, que na realidade nunca existiu. Tinha início o então Estado Novo. 

Passados quase trinta anos de legado varguista, novamente os militares se tornam protagonistas da história no ano de 1964, quando por meio das armas,  sob protocolo legal e para combater  uma suposta ameaça internacional comunista,  tem início o período dos anos de chumbo. Os generais com apoio do empresariado civil viam a situação da política interna no Brasil com todas as condições para escalar o golpe, mas o encorajamento do governo dos Estados Unidos foi fator decisivo para que tudo ocorresse. Na preparação da tomada de poder, a diplomacia norte-americana, comandada pelo embaixador dos EUA no Brasil, Lincoln Gordon, praticamente coordenou a conspiração entre empresários e militares, dando garantia de apoio material e militar. 

Uma visão progressista das Forças Armadas brasileiras se choca inteiramente com a realidade objetiva, pois a derrubada de João Goulart foi para cortar o nacionalismo trabalhista e suas Reformas de Base. 

Este não é o papel do nosso exército. Permanecer na posição anti-povo e antidemocrática. Mas sim garantir o respeito aos seus estatutos. Declarações sobre política é tentativa de tutelar a democracia. 

Irão repetir a contragosto o legado de golpistas? Irão de contramão a estas idéias de um exército que deva sim ser o guardião seguro da democracia ? 

Precisamos de mais generais sensatos como Henrique Lott, que de modo preventivo, impediu um golpe e garantiu a posse de Juscelino Kubitschek em 55. Em tempo: Bolsonaro e Mourão são vozes minoritárias. No alto-comando, um pensamento mais extremado não representa a maioria. Lógico que a reserva tem influência. 

Fica o clima de ameaça no ar. As eleições devem se realizar normalmente e o resultado deve ser respeitado. 
Postagens mais antigas Página inicial