DA PRIMEIRA VEZ QUE O PRESIDENTE DA CAEMA VISITOU O BAIRRO BACURI


Que a Caema no Maranhão passa por uma nova fase, não é novidade. Sábado o presidente da companhia vistoriou o tratamento de esgoto de Imperatriz, além de ter ido a Montes Altos inaugurar um poço com vazão suficiente para sanar o problema de abastecimento da cidade.

Davi Telles aproveitou para anunciar novos e vigorosos investimentos. Citou números absurdos da gestão passada que onerou fortemente a Caema, deixando dividas e um legado sinistro: de que só a privatização resolveria a crise hídrica da região tocatina.

E que piada esta estória de privatização! Telles lembrou que nossa região é riquíssima em leitos d'água e que portanto não fazia sentindo que há mais de trinta anos sofrêssemos com rodizio de abastecimento. Um desleixo só, consta!

O ponto curioso foi a visita ao grande Bairro Bacuri. Pela primeira vez eu vejo o presidente da Caema do Estado, com o Secretario de infraestrutura, Claton Noleto, visitar uma das regiões que mais sofrem com a falta de saneamento básico em Imperatriz.

Aliás se formos falar de saneamento, Imperatriz não está apenas atrasada. Os inúmeros casos de hanseníase comprovam: vivemos na Idade Média. Herança pervesa deixada por uma política carcomida e decrepita. 

Davi Telles tem uma desafiadora tarefa. Nada mal para quem parece ser jovem e ousado.  

Comentários