RAIO X DA SAÚDE EM IMPERATRIZ


Minha experiência no Socorrão começou há cerca de uma semana. De lá pra cá sinto na pele duas distintas sensações em relação a saúde em Imperatriz. 

Uma diz respeito a tristeza de ter que enfrentar cotidianamente as limitações, os anseios e dúvidas oriundas dos diversos problemas que vão surgindo graças ao convívio com outros casos, onde é nítido que a questão da saúde precisa ser melhor observado em todos os âmbitos

A outra sensação é de sair disso tudo com o espírito recarregado por algo que se chama “humanismo” e que por ora ainda é rarefeita em alguns espaços na saúde pública em nossa cidade. 

Tantos casos de dor e sofrimento além da angústia de ver um familiar ali, no caso meu querido pai, me faz refletir sobre diversos aspectos em relação a vida, morte, visões de mundo, antagonismo e a grata re-descoberta que humildade e arrogância não cabem na mente de um pensador que se almeje transformador da realidade. 

Estou colhendo mais dados para em breve fazer ponderações sobre o Socorrão de Imperatriz. Posso adiantar que nos primeiros dias que ficamos por lá percebi que as condições de algumas das enfermarias são bastante precárias, mal climatizadas, com banheiros sujos, carecendo de melhorias. Há o grave problema da comunicação interna entre enfermeiros, médicos e pacientes que por vezes não funciona. 

Ressalto que há profissionais ali que esforçam-se bastante para bem atender os pacientes e parentes. Mas só esforço humano de alguns não basta. Temos aguardado um equipamento que está em manutenção desde quinta feira, para se fazer uma angioplástia, e somente hoje, graças a uma visita no Ministério Público e na Ouvidoria do SUS, obtivemos a resposta de quê tecnicos vindos de Belo Horizonte chegarão para consertá-lo nesta manhã de terça. E aguardar mais um pouco. 

Há o plano B de ter que via TFD (Tratamento Fora de Domicilio) sairmos daqui para fazer o procedimento em Brasília ou Goiânia. 

Muito bom o atendimento do Ouvidor da saúde no município, Chico Duvalle que mostrou-se bastante preparado e disposto a prestar todos os esclarecimentos necessários. 

Por enquanto é isso. O Socorrão de Imperatriz mesmo com tantos problemas ainda é o local mais seguro na hora de enfrentar emergências como essa.

Comentários