1 de novembro de 2010

Petistas e tucanos quase juntos em Imperatriz

Que a política possui diversificadas nuances em sua dinâmica nas sociedades que como a nossa buscam democracia, isto não é nenhuma novidade. A relação dirigentes/base nem sempre é harmoniosa e o critério de aumentar as forças internas custe o que custar muito vezes é a única estratégia visualizada.

O ano aqui é 2007, e em Imperatriz uma frente política começou a ser discutida, provavelmente com origens políticas na Frente de Libertação do Maranhão, que teve o nome de Jackson Lago vitorioso na recente eleição de 2006.

Fica o registro aqui não apenas como mera curiosidade, mas como objeto de avaliação das estruturas políticas, da dinâmica partidária e da História Política do Partido dos Trabalhadores, que um dia representou os anseios da esquerda brasileira.

O trecho abaixo foi retirado do Blog de Isnande Barros, na época Presidente do Diretório Municipal do PT.


Quinta-feira, 5 de julho de 2007

MADEIRA E JOMAR


PT, PSDB, PCdoB, PDT, PPS, PCB...

Pode ser assim, menos, ou mais... o tempo dirá. Quem se viabilizar terá apoio do outro. O almoço realizado no Boi na Brasa no último sábado mostra a aproximação e a consolidação da aliança.


Madeira prefeito - Terezinha vice
Jomar prefeito - Lula almeida vice

Tudo pode acontecer.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 comentários:

Isnande Barros disse...

Isso foi fato!
Tendo como base a Frente de Libertação do Maranhão, PT e PSDB de Imperatriz negociaram uma possível aliança para o pleito de 2008. Eu mesmo, representando o PT - na qualidade de presidente da sigla - participei de reuniões com representantes do PSDB local - dentre eles Madeira e Lula Almeida.
A aliança não vingou, pois uma Plenária do PT definiu que teríamos candidatura própria e apontou o nome do companheiro Jomar Fernandes, para a disputa do cargo.
O fato virou História, e deverá ser objeto de estudo no futuro.
Abraço, Carlos Leen.

Carlos Leen Santiago disse...

Caro Isnande:
Sem duvida é no minimo "curioso" esta aproximação entre dois adversarios historicos.
De resto afirmo-lhe que segundo palavras do próprio presidente Lula,o governo do PT é no máximo "social-democrata", de centro, portanto.
Abração e parabens pelo seu trablho no blog!

cine disse...

quem não se reuni se extingui...
é o caso do PT, em Imperatriz agora só falta o cara de madeira...

alianças partidas
e a política fica assim...

sem proposta.