Projeto incentiva à leitura no terminal de integração de Imperatriz


Já pensou em passar pelo Terminal de Integração de Imperatriz e se deparar com livros gratuitos para serem lidos? Inclusive poder levá-los para a casa sem nenhum tipo de cadastro? Graças ao projeto “Parada Literária” isto agora é possível. 

A ação foi oficialmente lançada nesta terça-feira (07) com a inauguração de um espaço no terminal, que conta com dezenas de livros para os passageiros e usuários de ônibus da cidade. A solenidade contou com a presença de representantes da UFMA, do IFMA, SENAC, RATRANS, Academia Imperatrizense de Letras e do Clube do Livro de Imperatriz. 

Iniciativa pioneira no município, o projeto busca oportunizar o acesso a livros para as pessoas que passam pelo local diariamente. A ação, que tem como lema "Quem lê nunca perde seu tempo", estimula a leitura da seguinte maneira: o passageiro pode pegar um livro de sua preferência e lê-lo enquanto espera o ônibus, podendo levá-lo para casa para continuar a leitura, se preferir. 

A devolução pode ser imediata ou quando o passageiro transitar novamente pelo local, tudo sem precisar do auxílio de um funcionário para realizar o empréstimo. Contudo, a intenção é que o material seja devolvido de forma espontânea e de preferência que outras publicações possam ser acrescentadas ao arsenal. 

A ideia do projeto surgiu da necessidade de se compartilhar livros e leituras em Imperatriz, e a escolha pelo terminal de integração se deve por ser um dos pontos mais movimentados da cidade. “A intenção é fazer o livro circular. Proporcionar a oportunidade da leitura para muitas pessoas. O intuito é incentivar que as pessoas peguem os livros e levem para sua casa”, ressalta a bibliotecária Alessandra Saraiva, uma das coordenadoras do Parada Literária. 

A ação foi inspirada em outros projetos do gênero realizado em diversas cidades do pais. “Decidimos trazer este modelo de ação para a cidade, pois esse projeto possibilita o acesso ao livro, sem precisar de cadastro. Quem espera o ônibus pode pegar o livro que quiser e até levar para casa e ficar pelo tempo que quiser. Isso é fomentar o acesso à leitura para quem precisa”, explica um dos idealizadores do Parada Literária, professor Marcos Fábio. 

Doações - Para que a estante esteja sempre alimentada com obras literárias, o projeto recebe doações para compor o acervo. Os interessados em contribuir podem doar livros na Biblioteca do campus centro da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), localizada na rua Urbano Santos, no horário de 8h às 21h. 

Fonte: Hyana Reis, do Correio Popular


Comentários