O NEO - CONSERVADORISMO NO DCE/UEMA ?


O Diretório Central dos Estudantes "Josias Morais", ponto nevrálgico de formação crítica e acadêmica filosófico-política  na UEMA, não pode fazer parte da onda conservadora que cobriu o Brasil.

Chegou-nos informação de alguns absurdos que estariam acontecendo por lá. Dentre estes: apoiar a proibição de qualquer atividade cultural no CESI/UEMA e exigir que manifestantes protocolem antecipadamente informativos a serem divulgados no Centro. Hoje teremos a votação do Estatuto da entidade e a tendência é que a comunidade acadêmica faça o debate. A questão da reeleição tem polemizado o tema. 

Em conversa com o atual coordenador geral do DCE, o acadêmico de História, Mauro Borges, este me esclareceu que não há nenhum apoio de pautas retrógradas por parte da atual gestão. 

Esclareceu ainda que o DCE tem pressionado a direção no sentido de abertura a eventos que tragam os estudantes para o convívio acadêmico.

Importante espaço é o DCE. Por ali se plantam  sementes de uma rebeldia política que estrutura uma nova estética na consciência social. Isso vai longe. E vai fundo! Como cantava Gonzaguinha: "Eu acredito é na rapaziada... Eu vou à luta com essa juventude..."

Comentários