A VALORIZAÇÃO DA CAEMA PELO NOVO GOVERNO DO MARANHÃO


A companhia de Águas e Esgotos do Maranhão vinha "passando baixo" há muito tempo. Não recebia novos funcionários, efetivos ou não. Há muito tempo não se investia em logística e estrutura. Há 27 anos que se quer um engenheiro era contratado para minimamente pautar os problemas estruturais da empresa no Maranhão.

Para piorar tudo criou-se a ideia entre alguns prefeitos de que a privatização seria uma solução drástica e viável, vide exemplo da Cemar. Os governos anteriores ligados a família Sarney gerenciariam esta mudança. Os gestores ligados há um modelo de projeto neoliberal, aplaudiriam.

Porém provando ser contra tudo isso, o novo Governo do Estado assume o protagonismo na questão. Flávio Dino assina a posse do novo Gestor de Negócios de Imperatriz, Denilson Santos. O Presidente da Caema, Davi Telles anuncia paralelamente investimentos iniciais na ordem de 25 milhões. Tempos de mudanças.

Ontem tivemos o anúncio de inicio das obras de dois poços em grandes bairro de Imperatriz. Parque Santa Lucia e Parque Amazonas terão o sonho do fim da falta d'água realizados.

São apenas 100 dias de governo. Que venham mais mudanças.

Comentários