7 de março de 2011

O Petismo anti-Sarney no Maranhão

Foto: Washington Luiz e Márcio Jardim trocam afagos durante almoço com petistas

Tem a cada dia mais se tornado mera figura de retórica (ou de discurso, como queiram os amigos acadêmicos) a figura do Petista anti-Sarney no Maranhão. Revoltados e por vezes eufóricos, os ditos combatentes do velho oligarca vociferam e esbravejam nas redes socias da internet ou nos discursos em que fazem nos locais de pouca popularidade da Família Sarney como em Imperatriz, por exemplo.

Mas, no entanto, sabem que o buraco é mais embaixo e preferem mesmo assim não admitir que se caso forem para as "vias de fato" o caminho deverá ser no mínimo a da expulsão do partido. Os velhos petistas proliferam ainda para a base que é possível resgatar politicamente o PT para o campo democrático e popular. Terrível enganação ou mero comodismo?

Ou será que estas figuras estão esperando alguma benesse ou cargo dentro desta viciada estrutura? Vá saber hein!

Outro dia conversando com um petista histórico, desses que não se vendem mesmo e que pode se dizer uma figura integra, este me confessara que o nobre vice-governador Wasghinton Oliveira, do PT, ficou cerca de duas horas na sua frente, convocando-lhe para “repensar a luta no Maranhão”. Leia-se aliar ao grupo do nobre presidente do senado e da governadora.

Mesmo assim os radicais do PT não admitem uma provável cooptação direta. Quando muito se “protegem” em torno de greves ou de uma capa plena de significantes e significados do discurso, preferindo imaginar que ao conjunto da população resta o papel de bobos que não sabem muito bem quem é quem no “jogo do bicho”. Ledo engano

Ora bolas, basta ver a atuação fraquíssima do nobre companheiro deputado estadual Bira do Pindaré, que já afirmou nos bastidores que não é “de sua natureza a radicalidade e o espírito de oposição”. “Sou governo antes de qualquer coisa”, disse recentemente Bira.

Outra figura de retórica: “oposição responsável”. Ah qualé meus nobres amiguinhos! Vamos admitir a realidade. O PT no Maranhão é de Sarney e ponto. Essa oposição tida como responsável, na verdade ajuda a escamotear que ali é todo mundo farinha do mesmo saco. O pior disso tudo é ter a certeza de que Bira foi eleito para desempenhar um papel opositor de verdade. Seus eleitores o querem mordendo literalmente o calcanhar de Roseana.

É típico destes petistas históricos anti-oligarquia no Maranhão uma postura esquerdista e popular, no entanto, basta verificar um pouco o fundo de suas posições em relação ao governo Dilma, por exemplo, e temos aí uma enorme contradição entre o que dizem e o que fazem. Desses trapos bandeiras serão feitas. Enganem outro, não a mim.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

5 comentários:

Luiz Noleto disse...

A história caro Carlos é senhora da razão dizem por aí. Lembra quando te enviei um email dizendo que não devias perder tempo com aquela enquete sobre qual o melhor nome da oposição como candidato a Presidência da Assembléia Legislativa? O nome de Bira estava lá sugerido.

AGÊNCIA SÃO JOÃO BATISTA-MA disse...

Já estamos o seguindo.

Siga-nos.

Um grande abraço

Jailson Mendes
Agência de São João Batista-MA

Anônimo disse...

Não vou ficar calado parado como um demente
Porque eu sei que quem cala consente

Carlos Leen Santiago disse...

Caro Noleto:
Naquele momento o intuito da enquete era levantar uma discussão, um debate. Infelizmente nossos parlamentares não entenderam o recado. Colocamos eles na cara do gol e eles não chutaram. Mesmo assim não sou pessimista e vamo pra frente!
Em relação a a alguns companheiros do PT, não os tenho como traidores. Este texto é um alerta, um inquietação que eu espero ajude a iluminar um pouco os corações e mentes desses valorosos companheiros que estão na letargia, de certa forma.
Abração a todos (as) que visitam nosso blog, jjá estou seguindo seu blog também Agencia São João Batista, vamos trocar o links?

Neuton César disse...

BOM TRABALHO. GOSTARIA DE ESTAR EM SUA PAGINA DE BLOG.

UM ABRAÇÕ NEUTON CESAR