10 de fevereiro de 2011

Corte da energia e clima tenso na Uema de Imperatriz: Professores e estudantes fazem bloqueio na rua

O clima ficou tenso logo cedinho na Universidade Estadual do Maranhão. Os motivos: falta de estrutura adequada ao campus de Imperatriz e o corte da energia feita pela falta de pagamento a CEMAR.
O Governo Roseana mais uma vez envergonha o Maranhão mostrado despreparo e irresponsabilidade no trato da coisa pública. Falta comprometimento e diálogo, características que nunca foram construídas depois de tanto tempo do poder.
As graves denúncias de corrupção envolvendo a Fundação de Amparo a Pesquisa do Maranhão somam-se agora ao descaso e o sucateamento da principal instituição de ensino superior do estado. Neste exato instante professores estudantes saem às vias de fato na porta da universidade, batendo boca e aos empurrões, fecham as rua que dão acesso ao portão principal da mesma.
Informações agora pouco me chegam dando conta de que uns poucos tentaram furar o bloqueio causando ainda mais tumulto, a policia militar já está pelo local.
Essa é a revolução na educação que pretende o grupo Sarney no Maranhão? O melhor governo de Roseana tem sucessivamente comprovado que ao conjunto da população resta rezar para que o pior não aconteça. E as desgraças não param.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

9 comentários:

Anônimo disse...

O Sistema é um vigia
Te observa noite e dia
Age como um radar
Limita o seu espaço
Determina cada passo pra te dominar
A polícia racista reprime, revista, marca, resgistra, captura e conquista
Não seja prisioneiro
Saia do cativeiro
Saia do cativeiro
Reaja e resista ao regime inteiro
Todo sistema é falho
Então eu não me calo
Ninguém vai me dirigir
Todod império tomba
Meu verso é uma bomba e a gora vai explodir

Conceição disse...

è muito nojento um governo desse.

Conceição disse...

Eu tou sem palavras, o sentimento é de ... eu nã osei o que, passou de todos os meus limites, chegando a nem saber expressar o meu sentiemtno neste momento...GENTE O QUE ESSE POVO ACHA QUE SOMOS????
cOMO É QUE ESSE POVO ENCHE OS BOLSOS DE DINHEIRO PÚBLICO DOS SEUS CUPICHAS E ALIADOS POLITICOS E NÃO PAGAM A LUZ DAS UNIDADES ESTATAIS???
Será que é confianda na nossa pacividade??? na nossa comodidade??? na nossa desesperança?

Jalles Castro disse...

é isso aí, o sitema é um vigia, hehehehe, nem deus nem governo e nem mestre.

Anônimo disse...

Se o bicho pega eu não corro
Aqui é um mato sem cachorro
A polícia invade o morro
Se perde e pede socorro
Na camuflagem você forja
Sua farda me enoja
Porco de alma sebosa
Eu odeio a sua corja
Sei que a mão que engatilha
Também cai em armadilha
Minha vida é uma guerrilha
Não sigo a mesma trilha
Me arrisco a todo instante
Faço do verso um gigante
Pra minha voz ir mais distante
Falo alto, alto falante
A lei é um papel escrito
Rasgo e dou meu veredicto
Nada que me tenha dito
Vai mudar o que acredito
Tudo acaba em desavença
Cada qual com sua crença
Cada cabeça uma sentença
Uma chaga, uma doença
Sou o efeito dominó
Nunca visto em outdoor
Você ata um laço só
Desacato e desato o nó
Com a mente engatilhada
Não tenho medo de nada
Sem cair em emboscada
Sobrevivo na quebrada
Você pode até usar colete a prova de bala
Mas nada pode parar o disparo da minha fala.

Carlos Leen Santiago disse...

Ops
Grato a todos e todas pela visita e coments.
No link abaixo tem um excelente mini-artigo sobre a situação, escrita pelo Prof Cristiano Capovila da Ufma.
http://pneuma-apeiron.blogspot.com/

Anônimo disse...

Tica tac o seu fim tem hora marcada
Sou uma bomba relógio engatilhada
O microfone é parte da minha artilharia
E nessa guerra represento a periferia
Meu sangue é quente e arde feito brasa
Não sou de levar desaforo pra casa
Eu não vou ser a sua presa indefesa
Pra ser servida a sangue frio em sua mesa
Tic tac o seu fim tem hora marcada
Sou uma bomba relógio engatilhada
Você é a mola que move o desastre
Não vai me escapar estou em toda parte
Eu sou a insônia e o pesadelo dos poderosos
A indigestão de seus banquetes luxuosos
Não sou nenhum líder e ninguém me idolatra
Esse seu tiro saiu pela culatra
A minha reação é que é um tiro certeiro
Com poder de abalar o sistema inteiro

Anônimo disse...

Eu tenho pena do povo do Maranhão.

Rafael disse...

Olá,
Isso é uma vergonha para a educação do nosso país, e somente com uma resistência organizada, englobando professores, alunos e a sociedade como um todo é que poderemos resistir e superar esses ataques a educação publica de qualidade.
Parabéns aos companheiros que realizaram essa manifestação e contem comigo.
Qualquer coisa que precisarem mandem email para rafaelvelosof@hotmail.com

Rafael Veloso
CAHIS - UFPI
Federação do Movimento Estudantil de História
Coordenação Regional - NE 3