O governador Flávio Dino fala dos resultados ambientais e promoção turisticas do Maranhão


Governador reafirma a grandiosidade do trabalho de despoluição de rios para a melhoria da balneabilidade das Praias da ilha, turismo social como ferramenta de incentivo do turismo interno como imprescindível para melhorar o turismo em São Luís.

JC – Governador em se falando de despoluição das praias, o Senhor disse que é um grande chamariz de eventos, especialmente eventos esportivos, de que maneira o seu governo pretende incrementar essa busca? 
Governador – Na verdade, não só esportivos, por que, você que tem uma longa experiência sabe, que quando há um evento corporativo, profissional, as pessoas buscam uma programação complementar, isso é tradicional em qualquer evento, de qualquer categoria, empresarial, uma feira empresarial. 

JC- É possível se ter turismo de sol e praia em São Luís a exemplo de outras capitais do nordeste? 
Governador – Nós vivíamos um paradoxo, primeiro São Luís com uma imagem muito negativa em razão dos episódios de Pedrinhas, portanto, vista como uma cidade violenta, aonde não havia segurança alguma, rebeliões, atos bárbaros e etc, e de outro, essa contradição, ser uma ilha sem praias. Então nós acreditamos que as praias vão resultar nesse ganho. 

JC – Como pretende fazer essa promoção do destino Maranhão no Brasil e no exterior? 
Governador - Nós reunimos recentemente o conselho de turismo, e também o conselho empresarial, e anunciamos todas as metas para o turismo 2017 de participação de atividades promocionais em importantes polos emissores de turismo, por exemplo, São Paulo, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, mas também em outros países, principais feiras turísticas do planeta; Londres (ING), Berlim (ALE). O Maranhão estará presente divulgando com maior ênfase três polos turísticos; a ilha de São Luís, os Lençóis Maranhenses e a Chapada das Mesas, ainda, claro de todos os outros sítios turísticos que o Maranhão possui, mas com ênfase, nesses três que são mais conhecidos hoje. 

JC – Fale um pouco sobre o turismo social, que a SECTUR vai implementar em breve? 
Governador - Vamos junto com o trade turístico, possibilitar que jovens estudantes de outras cidades do maranhão, venham para São Luís, trazidos pelo governo do Estado, e possam visitar nossas casas de cultura, visitar as nossas praias e com isso movimentar a rede hoteleira, é um programa de turismo social voltado aos jovens, que nós iremos começar agora em 2017, é um modo de apoiar financeiramente nossos hotéis nesse momento em que a recessão ainda é profunda. Eu acredito em uma retomada da atividade econômica, mas vai demorar um pouquinho, enquanto, isso nós tivemos no Brasil uma queda no número de passageiros nacionalmente e uma queda na movimentação hoteleira, o Maranhão infelizmente, sofreu com isso, mas acho que, como eu disse na Associação Comercial e reiterei, hoje aqui na Assembleia, o segundo semestre já vai ser bom, e o próximo ano vai ser melhor inclusive para o turismo aqui no maranhão. 

Foto:Divulgação/Internet  
Fonte: Blogue do Reginaldo Cazumbá

Comentários