29 de janeiro de 2014

DIOCESE DE IMPERATRIZ MOBILIZA "CAMINHADA DA PAZ" NESTE DOMINGO


Convocada pelos bispos católicos, uma grande mobilização silenciosa pela paz acontece neste domingo, 2 de fevereiro (Dia de Nossa Senhora das Candeias), em todo o Maranhão como resultado prático da "Carta Aberta ao Povo de Deus" divulgada pelo bispado maranhense logo após a onda de violência e a crise no sistema carcerário que eclodiu no Estado e expôs para o mundo a selvageria e as condições sub-humanas nos presídios maranhenses. 

Em Imperatriz, todas as paróquias organizam os fiéis para se deslocarem à Praça de Fátima, local da concentração, onde a "Caminhada Silenciosa pela Paz à Luz de Vela" começa às 18h30 e percorre ruas do Centro, terminando com uma missa na Catedral de Fátima. 

O bispo da Diocese de Imperatriz, dom Gilberto Pastana, através de sua página no Facebook (facebook.com/jmjdomgilberto.pastanadeoliveira), convocou os imperatrizenses a divulgarem e participarem do ato. "Convide seu vizinho. Leve sua Vela. Os que ficarem em casa acendam uma vela e coloquem-na na frente de sua casa", escreveu dom Gilberto.

Fonte: Blog do Carlos Gaby
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

Nanoverso disse...

Caro companheiro blogueiro,

Estou desenvolvendo personalizações de imagens de cabeçalho pra blogs, você gostaria de participar ganhando um header personalizado pra suas publicações ?
Não cobro em grana, somente peço que coloque um link para o meu blog na barra lateral do seu, pra ajudar divulgar meu trabalho.

Visite meu blog para ver se algum modelo pronto te interessa, ou solicite uma personalização !

Grato,

Banner Header Nanoverso

Claudio Pereira disse...

Carlos Leen, a situação não é diferente aqui no Pará. Só nos primeiros vinte dias do corrente ano, cinco presos foram executados em presídios do Estado. No ano passado mais de trinta policiais foram mortos no exercício do dever no Pará. Por incrível que pareça, no último censo da violência do Brasil, o Maranhão ficou em 20º lugar e o Pará em 3º. Detalhe: ambos estados foram os que mais cresceram neste sombrio quadro. Famigeradas estatísticas.
O nefasto capitalismo infelizmente levou o Brasil à condição de país mais violento do mundo em 2010, com mais de 36 mil assassinatos só por armas de fogo.
Os fascistas de plantão pedem para adotarmos o modelo estadunidense, 16º país mais violento do mundo e difamam Cuba, país com o menor índice de violência entre os países americanos.
Veja o trabalho do sociólogo Júlio Jacobo Waiselfisz: Mapa da violência 2013 - Mortes Matadas por Armas de Fogo.