1 de outubro de 2010

Urucubaca da grossa: No mesmo dia em que helicóptero caiu, sapos com a boca costurada aparecem no comitê de Jackson Lago


Um caso literalmente para o Arquivo X investigar. Como é do conhecimento de todos, um helicóptero de Araguaína - TO caiu nas proximidades do Conjunto Nova Vitória, na cidade de Imperatriz - MA, na manhã de ontem, 30 de setembro, por volta das 8h45. A aeronave havia sido contratada por candidatos da coligação “O Povo é maior”, que participaram da carreata em apoio ao candidato Jackson Lago – PDT em Imperatriz. O prefeito Sebastião Madeira, o candidato a senador Vidigal, Roberto Rocha e o ex-governador Jackson Lago utilizavam o transporte freqüentemente.

Na manhã do acidente, uma informação confirmada no Blog de Josué Moura, dá conta de que ao abrirem o comitê de Jackson Lago, o grande salão estava tomado por cerca de 50 sapos cururus, alguns deles com a boca costurada como se tivessem sido instrumentos de magia negra. Não se tem notícia de “ajuntamento de água” próximo ao comitê, que fica no centro da cidade.

Não é de hoje que ouço falar de supostas ligações com o ocultismo e magia negra por parte de alguns políticos do Maranhão. O conceito de ocultismo, segundo o historiador Francisco das Chagas, pode ser definido como “o conjunto de teorias e práticas cujo objetivo seria desvendar os segredos da natureza, do Universo e da própria Humanidade. O ocultismo trata de um tipo de conhecimento que está além da esfera do conhecimento empírico, o que é sobrenatural e secreto. Não é aceito pela comunidade científica por não compartilhar de suas metodologias. O ocultismo está relacionado aos fenômenos sobrenaturais. Ou seja, são conjecturas metafísicas, e teológicas, algumas das quais oriundas de povos da Antigüidade Clássica”. Já a magia negra estaria ligada ao uma série de práticas individuais onde o sujeito alega fazer pacto com demônios e espíritos, chegando até a "vender" sua alma em troca de sucesso, poder e satisfação pessoal.

Em todos estes aspectos, a ciência ainda não comprovou qualquer veracidade, estando essas práticas legadas ao plano da superstição e do popular/sobrenatural. Categoricamente, não há qualquer prova de que existam possibilidades de existirem sucesso nestas práticas. O que existe na realidade são os adeptos. Os casos de assassinatos de pessoas e animais em rituais de magia negra são freqüentes.

Um amigo que pertence aos bastidores da política em Brasília certa vez confidenciou o seguinte: Conta-se pelos corredores do Palácio do Planalto que tanto a morte de Tancredo Neves quanto a morte de Dilma (caso vença a corrida presidencial) foram encomendadas por agentes ligados às forças sobrenaturais. Como se sabe, Dilma ainda não morreu mas estaria com um câncer e assim que assumisse passaria desta para melhor. Tudo em nome da hegemonia de um certo político do PMDB?

Mas não devemos levar estas estórias tão a sério caros amigos. Sério mesmo é a assertiva popular que credita a responsabilidade desse acidente com o helicóptero a terceiros, quartos e quintos.

A impressa oficial também já acenou nesta proposição. Senão vejamos nota do Imparcial On Line: “Um helicóptero que estava sendo utilizado na campanha do candidato ao governo do estado, Jackson Lago (PDT), modelo Robinson R44, caiu, na manhã desta quinta-feira (30), próximo ao parque de exposições agropecuárias de Imperatriz. Quando aterrissava, a aeronave pegou fogo sem motivos aparentes. O piloto Luís Flávio Quintas, de 50 anos, não conseguiu sair a tempo do helicóptero e morreu carbonizado no local. Informações preliminares dão conta de que a aeronave havia deixado Jackson Lago e o candidato ao Senado, Edison Vidigal, em Balsas e retornava para Imperatriz, para buscar mais pessoas que fazem parte da campanha do ex-governador.” A foto abaixo é no momento do acidente:


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

cine disse...

juta que é macumba.