12 de agosto de 2010

Bandidos nada “honoráveis” podem querer estragar noite de autógrafos na UEMA

É o que relata o blogueiro Carlos Hermes. Conta-se que um ônibus repleto de “desocupados” teria saído de São Luis, rumo a Imperatriz, para tumultuar a noite de autógrafos do jornalista Palmério Doria, autor de Honoráveis Bandidos. Diz-se que pagos pela turminha do mal ligada ao grupo da oligarquia.

Minha opinião é de que será pouco provável que isso aconteça tendo em vista a situação nada popular que Sarney tem aqui em Imperatriz. No entanto todo cuidado deverá ser pouco para que não se repita o mesmo desdobramento do ultimo evento em São Luis: quebra-quebra e tumulto. Veja o vídeo.

Acho mais provável eles terem disponível gente da região mesmo, já que é até mais fácil um eventual deslocamento. A desinformação aliada a necessidade torna homens em selvagens prontos a lutarem por qualquer coisa, tal qual mercenários beduínos.

Conversando com algumas lideranças estudantis ligados ao evento desta noite constatei que todos são unânimes em desejar que o evento corra de forma tranqüila sem confusão, mas caso aja baderna promovida por “paga-paus da oligarquia, nos estaremos preparados, com segurança pra imediatamente tirar esses desordeiros do espaço.” Um ofício, feito pelo DCE da UEMA, já foi enviado ao Comando da Policia Militar para garantir a maior lisura do evento. É aguardar agora e torcer que tudo seja tranqüilo. Quer dizer, que tudo saia bem, por que tranqüilo já não está.

Só lembrando: A noite de autógrafos com Palmério Dória é hoje, quinta feira, á partir das 20:00, no auditório da UEMA de Imperatriz.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

4 comentários:

Jairo Sade disse...

Estarei lá, meu caro, com o meu exemplar. E se pintar sarneystas, a lapada vai comer!!!

Jairo Sade disse...

lisesios

Carlos Leen Santiago disse...

Caro Sade:
Esperamos que não se repita o triste episodio que ocorreu lá em São Luis. Mas estaremos preparados pra uma eventual situação de risco...

Anônimo disse...

acho que eles nao assistiram o programa do roberto cabrini.