14 de junho de 2009

Cinco bons motivos para se discutir o valor da passagem de ônibus

01- O valor da tarifa é um dos mais caros do Brasil. Se levarmos em conta o tamanho geográfico de Imperatriz e compararmos com João Pessoa, São Luis ou Belém, capitais de tamanho duas vezes maiores e cujo preço é 1,70, veremos a desproporcionalidade da relação passageiro por kilômetro.

02- Em capitais como Florianópolis e Cuiabá já se discute há muito tempo à questão do passe livre pra estudantes, o que em tese remete a idéia de perspectiva do serviço enquanto necessidade básica e não mero serviço publico, feito pra gerar lucro pra alguém.

03- A acessibilidade do veiculo aqui não proporciona para os cadeirantes e demais passageiros especiais uma viagem muito fácil. Afinal ainda temos a desumanização de muitas vezes o próprio condutor ser o cobrador.

04- Os vales transportes são outra maravilha. Cada empresa tem um e vira confusão você acertar o vale certo para não passar constrangimento.

05- Afinal quando se debate o Transporte Publico, de quebra você discute também a qualidade das ruas e a malha viária. Com isso a Prefeitura terá o “dever” de melhorar a camada asfaltica , tapar buracos e criar novos acessos a logradouros públicos.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 comentários:

Karine disse...

Sem contar que a frota de onibus é mínina, e voce espera até mais de cinquenta minutos para pegar um onibus nos finais de semana. :)

Wilson Leite disse...

A falta de paradas de ônibus decentes (amplas, com ascento e cobertura). Os gestores que pela administração passaram também não tiveramm interesse em resolver este problema.

:) disse...

e se levar em consideração, a diferença de uma passagem de onibus para um moto taixa é de apenas 70 centavos, sendo que com o moto taxi você fica na porta da sua casa e em um menor tempo.